AnimeSun Entrevista Matheus Lynar da The Kira Justice!

AnimeSun Entrevista Matheus Lynar da The Kira Justice!

1116
0
COMPARTILHE

O cenário dos Animes e Mangás está se popularizando no Brasil e, com isso, o número de fandublagens e de covers relacionados a eles vem subindo no país (Inclusive, a AnimeSun possui uma entrevista sobre a fandublagem com um dos diretores do Fandub BR. O link está no final dessa postagem). Nessa entrevista, a AnimeSun conversou com Matheus Lynar, compositor e um dos vocalistas da banda The Kira Justice. No nosso bate-papo, ele falou um pouco sobre seu trabalho musical e de suas metas para o futuro.  Tenha uma boa leitura.

1– Matheus, atualmente a banda The Kira Justice vem fazendo vários shows por todo o Brasil. Qual é a sensação que vocês tem ao saber que tem tantos fãs no País? Já pensaram em se apresentar no exterior?

“Ter fãs é um dos grandes combustíveis do nosso trabalho, depois do amor pela música em si. Mesmo em dias onde o ânimo não está no máximo, pensar neles realmente me inspira.

Sobre o exterior, adoraria voltar a tocar no exterior. Já fizemos uma tour pela Argentina e foi uma experiência incrível.”

2- No cover da emblemática música “Hope” do jogo Grand Chase que vocês fizeram há quase um ano, vocês foram reconhecidos pela equipe produtora coreana do game. Vocês esperavam algo assim?

“Não, fomos realmente surpreendidos por sermos mencionados lá, de uma forma positiva. Eles nos elogiaram bastante e foram muito cordiais ao pedir pra colocar no blog.”

3-Matheus, nos seus covers e músicas autorais, você canta músicas felizes, músicas tristes/dramáticas e algumas até motivadoras, por exemplo: As aberturas de Dragon Ballz; Unravel; e uma autoral de vocês:  “O meu mundo”. É difícil alternar entre os sentimentos que você quer passar em cada uma delas?

“Nem um pouco. As músicas refletem o espectro dos sentimentos humanos. Claro que como eu me sinto numa hora pode influenciar o lado que a música vai ir, quando estamos falando de uma composição. Numa cover, basta tentar sentir, se identificar com o que a música está passando.”

Matheus Lynar

4- Vocês já pensaram em gravar um CD?

“Pensar, sim. Realizar é complicado porque tem custos que talvez não valham a pena para os fãs, ainda mais considerando que a gente grava muita música. O formato do YouTube vai funcionando bem, enquanto isso. Mas no futuro, quem sabe?”

5-   Ultimamente, vocês vem lançando muitas músicas autorais pelo Youtube. Como você consegue compor tantas em tão pouco tempo?

“Eu escrevo com frequência. Sempre escrevi, mesmo antes dessa “fase”. A diferença agora é que eu tenho um público que tem interesse em ler o que eu escrevo. Também facilita que essa é nossa ocupação em tempo integral. Consertos vêm ao longo das semanas, já que as músicas são gravadas com bastante antecedência.”

6-  Como vocês veem as críticas?

“Depende muito. Dentre as críticas dá pra encontrar muita coisa construtiva, com intenção de ajudar, muita opinião pessoal (Que em alguns casos até tem uso pra nós), e muito discurso de ódio gratuito. Faz parte da internet e a gente tenta filtrar tudo com sabedoria. Ódio gratuito não tem espaço pra debate nas nossas páginas.”

7-  Quais são suas metas para o futuro?

“Focar ainda mais nas autorais. Expandir o nosso som, poder levar para mais gente. Mostrar que a música brasileira é mais do que o que está tocando nas rádios. Mostrar que o rock brasileiro tem potencial. Mostrar que o anime pode ter a ver com a língua portuguesa sim. Enfim, tornar a The Kira Justice um símbolo do que ela já faz.”

8-  Se algum anime fosse ser dublado aqui no Brasil e pedissem para você e a banda gravar a opening brasileira dela ainda com a chance de escolher o tal anime, qual seria?

“Eu queria muito ter dublado algo de Death Note, que ganhou dublagem no Brasil, mas deixaram as músicas em japonês. Fullmetal Alchemist: Brotherhood é meu anime favorito, e nem sei se foi dublado. Dos clássicos, amaria fazer algo de Dragon Ball ou Pokémon; dos atuais? Talvez Tokyo Ghoul ou Shingeki, meus animes favoritos da geração atual..”

9-  Pesquisas alegam que a música pode ajudar a combater a depressão. Pode ser que algum fã de vocês esteja ouvindo o trabalho de vocês nesse exato momento para este afim. Já pararam para pensar nisso?

“Não só parei pra pensar como já li muitos relatos. Eles fortalecem minha fé que estou construindo algo positivo nesse mundo. Já sofri muito também e a música já me ajudou. Talvez seja apenas uma dívida que estou pagando com o universo?”

Curtiu a entrevista e deseja conhecer ou acompanhar o trabalho de Matheus Lynar e a The Kira Justice nas redes sociais? Embaixo estão os links! E essa foi mais uma entrevista da AnimeSun, até a próxima!

Clique nos links abaixo para o/a:

Youtube da Banda TKJ

Facebook da Banda TKJ

Facebook do Matheus Lynar

Twitter da Banda TKJ

Instagram do Matheus Lynar

Imagens: Página da The Kira Justice no Facebook.

Revisão:Eduardo Janibelli e Danillo Estrela

Gostou? Leia aqui: Entrevista sobre Fandublagem