Um sinal de respeito mútuo!

Um sinal de respeito mútuo!

744
0
COMPARTILHE

No fim de semana do ENEM, finalmente muitos param pra pensar na importância que uma determinada figura teve e tem em suas vidas: O Professor.

Quando se trata da cultura asiática tão voltada à disciplina e educação, não é incomum vermos circular por aí a ideia de que no Japão, o único profissional que não tem a obrigação de se curvar diante do Imperador é justamente o Professor, mas cuidado. Essa informação é falsa!

Na verdade, o povo japonês tem pela figura do Imperador um imenso respeito e seria extremamente vergonhoso que justamente a figura responsável pela educação do povo, cometesse a gafe (e tremenda falta de respeito) de não se curvar diante de seu Imperador.

Não existe na cultura Nipônica (e asiática no geral) nada de errado ou humilhante no ato de se curvar. Este gesto apenas significa respeito e polidez e o grau de curvatura varia de acordo com os níveis sociais, autoridade e intimidade entre as pessoas.

O grande diferencial e reconhecimento da importância do professor se dá na verdade pelo fato de que este é o único profissional que recebe também do Imperador uma leve reverência em resposta a sua. Este fato é tido como uma grande honra. Mas sim, eles se curvam diante do Imperador e o fazem sem o menor sinal de que isso represente algum problema!