Uma potência nos Musicais

Uma potência nos Musicais

712
0
COMPARTILHE

A Coréia do Sul é um dos países que mais investe em cultura e entretenimento no mundo, esse fato pode ser facilmente identificado na massiva produção da atual febre de Kpop, marcada por vídeos musicais superproduzidos e altos investimentos em divulgação. Porém, nem só de Kpop vive a Coréia! Na realidade o Kpop representa uma parcela relativamente pequena na vasta produção de entretenimento no país do Kimchi e dos Hamboks onde a chamada “espetacularização da vida” é levada bem a sério.

Cada vez mais os programas de variedades, reality shows, dramas e até mesmo filmes produzidos na Coréia do Sul vem ganhando atenção e espaço no ocidente. No entanto, uma de suas vertentes – tratemos assim – artísticas que já é bem conhecida e, diga-se de passagem, respeitada a nível mundial são os Musicais.

Seul tem sido ao longo dos anos uma das principais cidades no “circuito” de montagem de grandes musicais a nível mundial – sim, montagem! O termo “versão” não se aplica aqui, ok?! Todos nós em algum momento da vida ao menos ouvimos falar dos famosos musicais da Broadway, pois bem, se é possível estabelecer alguma comparação eu pessoalmente diria que Seul é a Broadway asiática ou que ao menos está próxima disso.

Marcados pelo visual “pomposo” e vozes potentes – aliás, essas são características que fascinam ao extremo a pessoa que vos escreve – a cada ano são montados diversos musicais no país e as produtoras não poupam esforços e investimentos para que tudo saia perfeito e é claro, gere o esperado retorno. São meses e as vezes até mesmo anos para que tudo esteja devidamente pronto para a estréia e muito dinheiro é posto nisso tudo. Para se ter ideia do quanto os musicais movimentam economicamente a produção de arte na Coréia do Sul, somente para que o popular musical “Frankenstein”, estrelado entre novembro de 2015 e Janeiro deste ano  saísse do papel, foram gastos cerca de 4,8 bilhões de Won, moeda local, o que equivale a aproximados 10 milhões de reais. (cálculo beeeeem chutado, ok?! Eu sou de humanas! >.<) Desta quantia, cerca de 118 milhões (Won) foram gastos somente na construção dos cenários.

Todo o investimento foi compensado já que em apenas um mês o musical vendeu mais de 40 mil ingressos e sua arrecadação total ao fim das 89 apresentações foi de mais de 10 bilhões de Won, além dos prêmios que o musical recebeu e que, não pensem vocês que significa só mais um troféuzinho na estante.

Frankenstein é apenas um dos exemplos que podem ser citados de musicais de grande porte montados na Coréia do Sul. Musicais famosos em montagens mundiais como Romeo e Julieta, MozartElisabeth, Dracula, Mata Hari (atualmente em cartaz em Seul com um elenco que conta com a presença de Jung TaekWoon, o Leo do grupo VIXX), dentre outros, foram e são montados com certa frequência – e diga-se de passagem, qualidade – na “Broadway asiática”. Seul é sem dúvida, um paraíso pra quem é como eu, um amante dos musicais.

A cada ano essas maravilhas ganham mais e mais popularidade, parte disso se deve à inserção de jovens Idols (a exemplo de Leo) ao elenco independendo do estilo do musical. Essa inserção costuma ser vista com certo receio por aficionados do gênero, uma vez que ela claramente tem mais fins comerciais do que de fato artísticos maaas isso é assunto pra uma outra postagem. Por hora, vou deixar aqui pra vocês alguns vídeos (infelizmente teasers) só pra dar um gostinho! Tto bwayo! Vejo vocês na próxima quinzena! =^.^=

Musical Frankenstein spot:

 

Mais um de Frankenstein. Victor Teaser (deixa eu ser fangirl, vai?! Jeon DongSeok como Victor Frankenstein):

 

Mata Hari teaser: